Solar

SOLAR

SOLAR

Fonte de geração em ascensão devido à evolução da tecnologia fotovoltaica e consequente queda nos custos de implantação, tornou-se viável à crescente demanda do consumo energético, seja por meio de geração distribuída conectada diretamente à rede de distribuição (potência até 1.000 kW) ou centralizada conectada à Rede Básica, operada pelo Operador Nacional do Sistema (ONS).

Especializada em Projetos Fotovoltaicos e reconhecida pelo mercado por seu padrão de excelência, a VILCO possui know-how em avaliação de recursos, estimativa da produção de energia fotovoltaica, além de outros serviços como diligenciamento técnico e avaliação de desempenho operacional de sistemas de energia solar.

Nossa experiência proporcionou que desenvolvêssemos a maior usina solar do sul do país, o empreendimento NOVA AURORA/CIDADE AZUL, na cidade de Tubarão.

Nossos serviços incluem também a Geração Distribuída, voltada para os clientes que desejam reduzir seus custos e aumentar a sua rentabilidade. Nesta modalidade, a energia é gerada por sistemas fotovoltaicos que podem ser instalados nas indústrias, comércios e residências.

 

SERVIÇOS

















ESTUDOS DE PRÉ-VIABILIDADE

Realizamos análises prévias sobre o recurso solar da região de interesse, com base em dados sintéticos de longo prazo, com metodologia própria. O objetivo é mitigar riscos e auxiliar o cliente na tomada de decisões sobre o desenvolvimento do projeto. Adicionalmente, avaliamos a infraestrutura (estradas, acessos, sistema de transmissão, etc.) para a implantação da usina fotovoltaica.

ESTUDOS DE VIABILIDADE

Análises sobre a irradiação e recurso solar da região de interesse por meio de medições solarimétricas e com base em dados sintéticos de longo prazo, com metodologia própria. A produção energética é analisada em função do custo de implantação e operação da usina fotovoltaica, considerando as características do módulo fotovoltaico e inversor avaliados, bem como a infraestrutura associada (estradas, acessos, sistemas de transmissão, etc.) para a implantação da usina fotovoltaica.

PROJETO BÁSICO

Desenvolvimento dos layouts e projetos de infraestrutura para determinação das características básicas para atender aos requisitos: - Regulatórios da Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL); - Institucionais da Empresa de Pesquisa Energética (EPE) do Ministério de Minas e Energia (MME), quanto ao Cadastramento e Habilitação Técnica dos projetos solares com vistas à participação nos Leilões de Energia Elétrica.

CONSULTORIA JUNTO AOS ÓRGÃOS REGULADORES

Consultoria e intermediação junto aos órgão reguladores e planejadores (Agência Nacional de Energia Elétrica – ANEEL, Empresa de Pesquisa Energética – EPE, Ministério de Minas e Energia – MME), bem como ambientais (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis – IBAMA e órgãos ambientais estaduais) nas fases de desenvolvimento, implantação e/ou operação da usina fotovoltaica.

AVALIAÇÃO TECNICO-ECONÔMICA E DUE DILIGENCE

Oferecemos serviços de análises e simulações econômico-financeiras para avaliação dos ativos de geração (usinas fotovoltaicas implantados e em operação), a partir das avaliações das características técnicas e ambientais das usinas fotovoltaicas em operação. A modelagem econômico-financeira é por meio do “Modelo de Avaliação de Ativos” (Capital Asset Pricing Model – CAPM), em que o risco e o retorno do investimento no ativo são avaliados, bem como os reflexos sobre a taxa de retorno esperada dos investimentos.  

PROJETO EXECUTIVO

Detalhamento dos layouts (arranjo dos módulos fotovoltaicos) e projetos de infraestrutura (estradas, acessos, sistemas de transmissão elétrica, etc.) para determinação das características executivas e informações para construção da usina fotovoltaica.

GESTÃO DA IMPLANTAÇÃO

Consultoria para negociação e aquisição dos bens (aerogeradores e equipamentos eletromecânicos auxiliares) e serviços (construção das bases e estradas/acessos, montagem e comissionamento dos equipamentos), bem como formatação do modelo de implantação e construção da usina fotovoltaica. Coordenação e Gestão de Aquisição e Fornecimento de Bens e Serviços. 

ENGENHARIA DO PROPRIETÁRIO

A Engenharia do Proprietário visa, basicamente, reduzir os riscos do Proprietário Contratante. Garante maior eficiência e qualidade à implantação do empreendimento. Principalmente no que diz respeito à entrega do escopo contratado, ao prazo, aos custos e à qualidade acordados. Assim:

 

  • • Contribui para a manutenção dos custos de implantação do empreendimento e garantia das receitas nos prazos e montantes considerados nos planos de negócios;
  • • Favorece a aprovação de empréstimos e financiamentos bancários e captação de recursos mediante instrumentos financeiros junto ao mercado (debêntures, ações etc.);
  • • Reduz custos de seguros, fianças e garantias na medida em que a percepção de mitigação e controle de riscos de implantação do empreendimento será maior;
  • • Facilita a emissão e manutenção de licenças e alvarás de implantação e operação dos empreendimentos, visto que os órgãos reguladores exigem mecanismos de controle que muitas vezes são supridos pelas atividades de Engenharia do Proprietário.

 

As principais atividades de Engenharia do Proprietário são:

 

  • • Aprovação, certificação e otimização dos Projetos Executivos;
  • • Análise crítica da abrangência e qualidade do planejamento elaborado, monitoramento e controle da EAP e do cronograma do empreendimento;
  • • Acompanhamento da execução de atividades precedentes, obtenção de licenças, alvarás, autorizações e registros, incluindo a Licença de Operação;
  • • Garantia da qualidade;
  • • Gerenciamento dos contratos com a EPCista e demais Contratadas principais – aferições, medições, retenções e liberações;
  • • Gerenciamento dos riscos do empreendimento;
  • • Gerenciamento de programas contratuais, Termos de Ajuste de Condutas e contrapartidas;
  • • Acompanhamento da fabricação, transporte e armazenamento de equipamento e sistemas eletromecânicos;
  • • Estudos e documentos especiais esporádicos;
  • • Inspeção e Fiscalização de equipamentos;
  • • Monitoramento das atividades de Ensaios, Testes e Comissionamento.

SERVIÇOS

ESTUDOS DE PRÉ-VIABILIDADE

Realizamos análises prévias sobre o recurso solar da região de interesse, com base em dados sintéticos de longo prazo, com metodologia própria. O objetivo é mitigar riscos e auxiliar o cliente na tomada de decisões sobre o desenvolvimento do projeto. Adicionalmente, avaliamos a infraestrutura (estradas, acessos, sistema de transmissão, etc.) para a implantação da usina fotovoltaica.

ESTUDOS DE VIABILIDADE

Análises sobre a irradiação e recurso solar da região de interesse por meio de medições solarimétricas e com base em dados sintéticos de longo prazo, com metodologia própria. A produção energética é analisada em função do custo de implantação e operação da usina fotovoltaica, considerando as características do módulo fotovoltaico e inversor avaliados, bem como a infraestrutura associada (estradas, acessos, sistemas de transmissão, etc.) para a implantação da usina fotovoltaica.

PROJETO BÁSICO

Desenvolvimento dos layouts e projetos de infraestrutura para determinação das características básicas para atender aos requisitos: - Regulatórios da Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL); - Institucionais da Empresa de Pesquisa Energética (EPE) do Ministério de Minas e Energia (MME), quanto ao Cadastramento e Habilitação Técnica dos projetos solares com vistas à participação nos Leilões de Energia Elétrica.

CONSULTORIA JUNTO AOS ÓRGÃOS REGULADORES

Consultoria e intermediação junto aos órgão reguladores e planejadores (Agência Nacional de Energia Elétrica – ANEEL, Empresa de Pesquisa Energética – EPE, Ministério de Minas e Energia – MME), bem como ambientais (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis – IBAMA e órgãos ambientais estaduais) nas fases de desenvolvimento, implantação e/ou operação da usina fotovoltaica.

AVALIAÇÃO TECNICO-ECONÔMICA E DUE DILIGENCE

Oferecemos serviços de análises e simulações econômico-financeiras para avaliação dos ativos de geração (usinas fotovoltaicas implantados e em operação), a partir das avaliações das características técnicas e ambientais das usinas fotovoltaicas em operação. A modelagem econômico-financeira é por meio do “Modelo de Avaliação de Ativos” (Capital Asset Pricing Model – CAPM), em que o risco e o retorno do investimento no ativo são avaliados, bem como os reflexos sobre a taxa de retorno esperada dos investimentos.  

PROJETO EXECUTIVO

Detalhamento dos layouts (arranjo dos módulos fotovoltaicos) e projetos de infraestrutura (estradas, acessos, sistemas de transmissão elétrica, etc.) para determinação das características executivas e informações para construção da usina fotovoltaica.

GESTÃO DA IMPLANTAÇÃO

Consultoria para negociação e aquisição dos bens (aerogeradores e equipamentos eletromecânicos auxiliares) e serviços (construção das bases e estradas/acessos, montagem e comissionamento dos equipamentos), bem como formatação do modelo de implantação e construção da usina fotovoltaica. Coordenação e Gestão de Aquisição e Fornecimento de Bens e Serviços. 

ENGENHARIA DO PROPRIETÁRIO

A Engenharia do Proprietário visa, basicamente, reduzir os riscos do Proprietário Contratante. Garante maior eficiência e qualidade à implantação do empreendimento. Principalmente no que diz respeito à entrega do escopo contratado, ao prazo, aos custos e à qualidade acordados. Assim:

 

  • • Contribui para a manutenção dos custos de implantação do empreendimento e garantia das receitas nos prazos e montantes considerados nos planos de negócios;
  • • Favorece a aprovação de empréstimos e financiamentos bancários e captação de recursos mediante instrumentos financeiros junto ao mercado (debêntures, ações etc.);
  • • Reduz custos de seguros, fianças e garantias na medida em que a percepção de mitigação e controle de riscos de implantação do empreendimento será maior;
  • • Facilita a emissão e manutenção de licenças e alvarás de implantação e operação dos empreendimentos, visto que os órgãos reguladores exigem mecanismos de controle que muitas vezes são supridos pelas atividades de Engenharia do Proprietário.

 

As principais atividades de Engenharia do Proprietário são:

 

  • • Aprovação, certificação e otimização dos Projetos Executivos;
  • • Análise crítica da abrangência e qualidade do planejamento elaborado, monitoramento e controle da EAP e do cronograma do empreendimento;
  • • Acompanhamento da execução de atividades precedentes, obtenção de licenças, alvarás, autorizações e registros, incluindo a Licença de Operação;
  • • Garantia da qualidade;
  • • Gerenciamento dos contratos com a EPCista e demais Contratadas principais – aferições, medições, retenções e liberações;
  • • Gerenciamento dos riscos do empreendimento;
  • • Gerenciamento de programas contratuais, Termos de Ajuste de Condutas e contrapartidas;
  • • Acompanhamento da fabricação, transporte e armazenamento de equipamento e sistemas eletromecânicos;
  • • Estudos e documentos especiais esporádicos;
  • • Inspeção e Fiscalização de equipamentos;
  • • Monitoramento das atividades de Ensaios, Testes e Comissionamento.

POTENCIAL DE INVESTIMENTO

Ao contrário do que se acredita, Lorem Ipsum não é simplesmente um texto randômico. Com mais de 2000 anos, suas raízes podem ser encontradas em uma obra de literatura latina clássica datada de 45 AC. Richard McClintock, um professor de latim do Hampden-Sydney College na Virginia, pesquisou uma das mais obscuras palavras em latim, consectetur, oriunda de uma passagem de Lorem Ipsum, e, procurando por entre citações da palavra na literatura clássica, descobriu a sua indubitável origem.

Lorem Ipsum vem das seções 1.10.32 e 1.10.33 do "de Finibus Bonorum et Malorum" (Os Extremos do Bem e do Mal), de Cícero, escrito em 45 AC. Este livro é um tratado de teoria da ética muito popular na época da Renascença. A primeira linha de Lorem Ipsum, "Lorem Ipsum dolor sit amet..." vem de uma linha na seção 1.10.32.

O trecho padrão original de Lorem Ipsum, usado desde o século XVI, está reproduzido abaixo para os interessados. Seções 1.10.32 e 1.10.33 de "de Finibus Bonorum et Malorum" de Cicero também foram reproduzidas abaixo em sua forma exata original, acompanhada das versões para o inglês da tradução feita por H. Rackham em 1914.

 

POTENCIAL DE INVESTIMENTO

PROJETOS

Temos mais de 3500 MW em Projetos de Energias Renováveis

Usina Fotovoltaica Nova Aurora



LOCAL

Santa Catarina

CAPACIDADE

3000 KWpico

Usina Fotovoltaica GABOARDI



LOCAL

Santa Catarina

CAPACIDADE

650 KWpico

Usina Fotovoltaica TEVERE



LOCAL

Santa Catarina

CAPACIDADE

250 KWpico

USINA FERNANDO DE NORONHA



LOCAL

Pernambuco

CAPACIDADE

550,8 KWpico

Usina Fotovoltaica IMAM



LOCAL

Santa Catarina

CAPACIDADE

260 KWpico

NOSSOS NÚMEROS

3000

MW EM PROJETOS EÓLICOS

143

MW EM PROJETOS HÍDRICOS

6000

KW EM PROJETOS SOLARES

Contato

Digite seu Nome Digite um Assunto
Digite sua Mensagem
Obrigado ! Sua mensagem foi enviada.

SOBRE A VILCO

NEWSLETTER

Digite seu Nome